O CRESCIMENTO DO SETOR DE FRANQUIAS NO BRASIL

O setor de Franquias vem crescendo consideravelmente no Brasil, sendo responsável atualmente por 2,3% do PIB nacional, mais de 2 mil redes e aproximadamente 100 mil  unidades franqueadas, gerando mais de 800 mil empregos diretos, conforme informações da Associação Brasileirade Franchising – ABF.

Com taxa de mortalidade de apenas 5%, o setor de Franquias confirma ser um dos formatos menos arriscados para empreendedores iniciantes, devido ao uso de modelos de negócios comprovados e pelo apoio dos franqueadores.

O Brasil tem evoluído mais do que a média de outros países, crescendo sem parar por mais de uma década.  Em 2001, para expansão nominal do PIB de 1,3%, o setor cresceu 12% e já em 2011, o PIB foi de 3,5% e o setor de Franquias cresceu 16,9%.

O Faturamento que em 2001 era de 25,000 bilhões, saltou para 88,855 bilhões em 2011.

Nos últimos dez anos, o número de redes de franquias saltou de 600 para 2.031, um crescimento de 238%, colocando o Brasil em quarto lugar no ranking mundial, atrás apenas da Coréia do Sul (2.400 marcas), Estados Unidos (2.300 marcas) e China (2.200 marcas).

O número de unidades, próprias mais franqueadas, saltou de 51.000 para 93.098 unidades, com um crescimento de 83%, conforme gráfico.

Para o franqueador, este sistema possibilita a expansão dos seus negócios, sem a necessidade de investimentos substanciais para a criação de novos estabelecimentos e para o franqueado, a franquia amplia as chances de sucesso do investimento pela utilização de uma marca já consolidada e pelo aproveitamento da experiência administrativa e empresarial consolidada pelo franqueador.

Fonte: Sebrae Mercados

Comments are closed.

Cadastre seu e-mail!
Receba nossas Newsletters atualizadas!
Respeitamos sua privacidade
Estamos online